“Não falta dinheiro, falta agilidade”, afirma o ministro Tarcísio sobre as obras nas rodovias catarinenses

0
42

Durante reunião do Fórum Parlamentar catarinense, o deputado federal Rogério Peninha (MDB) cobrou do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, a reposição dos recursos que foram vetados do orçamento 2022 para as rodovias catarinenses, especialmente para a BR-470. “Estive com o presidente Bolsonaro na semana passada e ele me confirmou que haverá esta recomposição”, afirmou o parlamentar.

O ministro Tarcísio explicou sobre o remanejamento das verbas destinadas para a construção e manutenção das rodovias e também afirmou que haverá uma pressão e fiscalização maiores por parte do Governo Federal junto a empreiteiras. “Recursos há, Santa Catarina é o Estado da Federação que mais está recebendo verbas para investimentos. Precisamos colocar o pé no acelerador, não é por falta de dinheiro que as obras não vão andar”, afirmou.

Mesmo com o corte, foram mantidos R$ 272 milhões para as rodovias, além de recursos destinados à malha viária.

Entregas na 470

Tarcísio falou do compromisso com a BR-470, entre Navegantes e Indaial. Segundo ele, até o segundo semestre deverá ser entregue a duplicação dos Lotes 1 e 2, entre Navegantes e Gaspar. Já na segunda metade do ano, o foco será o andamento dos lotes 3 e 4, de Gaspar a Indaial. “Iniciamos o Governo com nenhum quilômetro duplicado e pretendemos encerrar com mais de 50”, afirmou.

Peninha solicitou que ainda neste ano seja encaminhado o processo licitatório do 5º Lote, na região do Alto Vale do Itajaí, adiantando o trâmite para o próximo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui