Itajaí divulga terceiro boletim mensal sobre dengue, febre de chikungunya e zika vírus

0
725

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Itajaí, através da Gerência de Controle de Zoonoses, divulga nesta sexta-feira (07) o terceiro boletim sobre a situação da dengue, febre de chikungunya e zika vírus no município. O documento completo pode ser acessado aqui.

De acordo com o informe, foram identificados 727 focos do mosquito Aedes aegypti em 17 bairros de Itajaí no período de 3 de janeiro a 24 de abril de 2021. O aumento foi de 26,1% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram registrados 537 focos em 18 bairros.

Neste ano, também foram notificados 593 casos suspeitos de dengue em Itajaí, sendo 113 deles confirmados, 195 descartados, 213 sob investigação e 72 residentes de outros municípios. O bairro São Judas apresenta o maior número de casos, com 44 registros.

Entre os casos positivos, 93 são autóctones (transmissão dentro do Município), 3 são importados (transmissão fora do Município), 4 indeterminados (sem local de transmissão definido) e 13 estão sob investigação. O boletim ainda informa que não houve casos positivos de febre de chikungunya e zika vírus no município neste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui