Descarte incorreto de resíduos causa obstrução da rede coletora de esgoto

0
29

O descarte incorreto de resíduos sólidos nas ruas e tubulações são grandes vilões para o funcionamento da rede coletora de esgoto. Esses materiais causam entupimentos, obstruções em poços de visita (PV) e o extravasamento de esgoto nas ruas, podendo até ocasionar o retorno dos efluentes para dentro das residências. Esses dejetos também podem dificultar e danificar o sistema de coleta e tratamento dos efluentes; além de prejudicar o meio ambiente e a saúde e qualidade de vida das pessoas.

Para garantir o pleno funcionamento dos cerca de 97% de rede coletora implantados em Balneário Camboriú, a Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA) executa a manutenção e limpeza preventiva da rede. De acordo com o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber, ao realizar as limpezas, observa-se uma grande quantidade de materiais dentro das tubulações. “São restos de materiais da construção civil, pedras, madeira, plásticos, latinhas, e ainda, papel higiênico, fio dental, absorventes, muito cabelo, cotonetes, fraldas, e pasmem, essa semana a equipe retirou um machado”, menciona Douglas, ressaltando que tudo isso ocasiona a obstrução do fluxo (entupimentos) e complicações pelo descarte de lixo na rede.

A manutenção da rede coletora é um trabalho rotineiro, necessário para a prevenção e saúde do sistema de esgotamento sanitário do município. Neste ano, de janeiro a abril cerca de 215 ruas entre Centro, Praia dos Amores, Ariribá, e Nova Esperança, receberam a limpeza preventiva na rede. O serviço passa anualmente por todos os bairros da cidade e é feito por meio dos poços de visita, que funcionam como um caminho para os técnicos realizarem as manutenções. Nesta semana, a equipe executa na Avenida Atlântica, entre as ruas 2000 e 2500.

A EMASA lembra que o bom funcionamento da rede coletora de esgoto também depende da contribuição e responsabilidade de cada cidadão. Todos os imóveis localizados em áreas contempladas pelo sistema de rede de esgoto do Município, devem estar ligados corretamente à rede externa e descartar os dejetos de forma correta, para que não causem obstrução e prejuízos à rede.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here