Balneário Piçarras apresenta risco médio de infestação do mosquito Aedes aegypti

0
5

O Programa de Controle e Combate à Dengue registrou, desde o início do ano, 410 focos positivos do mosquito que transmite a Dengue, Chikungunya e o Zika Virus. Na última semana entre os dias 1º e 5 de março, os agentes atuaram no Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa), que tem como objetivo visitar às residências do município definidas por sorteio. Com o fechamento do LIRAa, a cidade foi classificada em risco médio de infestação do mosquito.
Em 70 dias, a equipe de fiscalização formada por 15 agentes recolheu 185 pneus descartados irregularmente em terrenos baldios na extensão da cidade. Os pneus são mantidos em um depósito fechado. “Orientamos que não se deve descartar pneu em terreno baldio e com mato alto, onde não é possível enxergar o depósito”, enfatiza o coordenador do Programa de Controle e Combate à Dengue, André Luiz Ladewig.

O programa iniciará campanha de recolhimento de pneus nas residências do município. A iniciativa pretende conter o aumento expressivo de focos positivos do mosquito Aedes aegypti desde o início de 2021.

As 229 armadilhas visitadas semanalmente pelos agentes foram retiradas durante o período do LIRAa e recolocadas ao longo desta semana. Balneário Piçarras enfrenta a problemática de terrenos baldios particulares com acúmulo irregular de lixo, que aumenta a proliferação do mosquito. “Alguns terrenos foram limpos mais de três vezes, alguns não encontramos o endereço do proprietário para notificar e outros são invadidos após a limpeza, criando um ciclo vicioso de destarte irregular da população”, explica o coordenador.
Para agendar um horário para recolhimento de pneus pela equipe do Programa de Controle e Combate à Dengue, o morador deve entrar em contato pelo telefone (47) 3347-2010. É imprescindível que os pneus sejam mantidos em local coberto até a retirada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here