Judiciário catarinense volta a apresentar indicadores crescentes de produtividade

0
10

O Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) voltou a apresentar números crescentes em três importantes indicadores de produtividade monitorados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) durante a pandemia do novo coronavírus. A última atualização dos dados, correspondente ao período de 16 a 22 de novembro, conta com resultados superiores aos registrados nas três semanas anteriores em relação ao volume de sentenças/acórdãos, despachos e decisões judiciais.

Foram publicados 19,2 mil sentenças/acórdãos na última semana de trabalhos. Os magistrados catarinenses também foram responsáveis por 27,1 mil decisões judiciais no período, além de outros 45,1 mil despachos. Outro número expressivo diz respeito aos atos cumpridos por servidores, com 1,6 milhão de movimentos processuais na semana analisada.

Somados os números registrados desde a segunda quinzena de março, quando as atividades passaram a ser realizadas prioritariamente em home office, o PJSC totaliza 685,2 mil sentenças/acórdãos, 1 milhão de decisões, 1,5 milhão de despachos e 55,2 milhões de atos cumpridos por servidores.

As contribuições semanais do Poder Judiciário catarinense com verbas destinadas à compra de equipamentos e insumos no combate à Covid-19 já somam R$ 17,5 milhões.

As verbas são oriundas do cumprimento de penas de prestação pecuniária, transação penal e suspensão condicional do processo, as quais são destinadas por comarcas de todo o Estado a iniciativas desenvolvidas por entidades públicas e privadas catarinenses com finalidade social.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here